em Blog, Espaços de Coworking

O quadro político e econômico do Brasil dos últimos anos fez com que diversos segmentos de mercado se “mexessem” em busca de alternativas para renovar seus meios de capitalização.

Os próprios coworkings são um exemplo disso, pois surgiram com o propósito de oferecer uma alternativa de estrutura de trabalho a empreendedores que precisavam reduzir seus custos fixos.

Com isso, diversos donos de imóveis que estavam sem uso começaram a estudar a viabilidade de transformá-los em coworkings e, assim, dar um destino rentável aos espaços.

Recentemente, alguns hotéis surgiram com a proposta de oferecer também espaços compartilhados para reuniões e locações corporativas. Um exemplo disso são o YOTEL, em Nova Iorque e o Hotel Schani, na Áustria.

No Brasil, essa atuação ainda não ganhou força. Os hoteis concorrem com os coworkings apenas na disponibilização das salas para reuniões, porém, deixam de fornecer diversas outras facilidades muito procuradas pelo público em geral.

UM LONGO CAMINHO PARA OS HOTEIS

Por atuarem com uma modalidade de negócio diferente, os hoteis que não se prepararem para atuar como coworkings dificilmente poderão competir com os espaços compartilhados devidamente organizados para isso.

Não apenas a redução de custos, quem procura por coworkings quer desfrutar dos serviços agregados, que reduzem preocupações e auxiliam nas operações simples do dia a dia de uma empresa – como o atendimento telefônico, o recebimento de correio, a limpeza e manutenção do espaço, entre outros.

Também, é fundamental que o hotel avalie se, para sua região e público, a locação de suas salas para eventuais reuniões é mais rentável ou se realmente vale a pena montar a estrutura de escritório compartilhado, e se o serviço de escritório virtual – um dos mais procurados pelo público de coworking – pode ser oferecido.

De qualquer forma, todo planejamento é fundamental. Um estudo de logística e implantação deve ser realizado antes de qualquer ação nesse sentido.

Os donos de coworkings podem ficar tranquilos, pois sabendo qual público vão atender e como suprir as necessidades do segmento escolhido, sempre terão garantido sua fatia de mercado.


Gostou? Clique aqui e fale conosco

Comentários