em Blog, Espaços de Coworking

A primeira pergunta que vem em mente ao pensar em montar um coworking é referente à escolha ideal do imóvel para a instalação do seu negócio.

Como não existe uma regra para a montagem de um coworking, antes de tomar essa decisão, uma boa dica é pensar em qual o tamanho do público que você pretende alcançar.

A maior parte dos espaços compartilhados segue a mesma linha de tendências e as semelhanças acabam sendo mais frequentes dos que as diferenças.

Porém, para quem pretende investir na abertura de um coworking pequeno, é preciso um olhar um pouco mais atento para algumas situações.

Examinar antecipadamente onde investir e quais serão suas principais fontes de renda, pode ser uma boa forma de encontrar o caminho para o sucesso do seu negócio.

 

Analisando a maior fonte de lucro

Pesquisas realizadas entre os espaços compartilhados já existentes e que estão indo bem, apontam as salas privativas como a principal fonte de receita dos coworkings.

Em seguida a origem dessa receita fica dividida entre as mesas privativas, mesas compartilhadas, salas de reunião, salas especiais e escritório virtual.

Com base nesses dados é possível observar que, mesmo deixando de lado a criação de espaços de convivência, eventos, e até mesmo café/bar, ainda assim será possível atingir a fluidez do seu negócio.

Sendo assim, invista em uma boa infraestrutura, planejada e dimensionada para suportar a utilização de membros pretendidos e que irá atendê-los com eficiência e qualidade nos serviços.

O importante, no fim das contas, é não se desesperar nem iniciar um coworking sem ter a correta ideia de quanto isso vai impactar sua rotina financeira.

Podemos te ajudar com isso. clique no botão abaixo para conhecer o  treinamento totalmente voltado para planejamento financeiro e saiba como ter um coworking de sucesso altamente lucrativo.

 


Treinamento Planejamento Financeiro

Comentários