em Blog

Quem toca um instrumento sabe que o aprendizado é um processo. Talvez você seja uma daquelas pessoas que possuem o famoso ouvido absoluto, ou como alguns dizem, o ouvido de Bethovem!! 

Pessoas que possuem essa característica são capazes de identificar notas musicais mesmo sem saber nada sobre música. É como o Elton John por exemplo: ele escuta, coloca o dedo no piano e simplesmente toca! Parece inacreditável né!!! 

Acontece que existem outra parte da população que não sabe o que é isso. Que muitas vezes não sabem o que fazer para tirar uma música de um instrumento mas possuem sucesso com eles, as vezes muito maior do que o tal ouvido absoluto! 

É porque isso acontece? Simplesmente porque quando você tem uma fraqueza você e quer superá-la você se dedica a vencê-la! 

A pessoa que não tem o ouvido absoluto e quer tocar um instrumento ela se esforça, ela estuda, ela pesquisa e muitas vezes ela se torna tão boa naquilo que parece que nasceu com esse dom!! 

Muitas cantoras mundialmente conhecidas são assim: estudam desde pequenininhas enquanto outros, como Fred Mercury simplesmente abrem a boca e cantam…

É porque estou contando tudo isso? 

Porque nos negócios não é diferente! Existem pessoas que nascem com a veia empreendedora e existem pessoas que não! E não importa o quanto você sabe sobre um determinado tema, o mais importante é correr atrás e fazer acontecer.

Eu venho de uma família de funcionários públicos, meu pai é funcionário público, meus dois avós eram funcionários públicos, enfim… meu DNA não é muito empreendedor mas eu sempre fui muito curiosa e muito dedicada. E principalmente, muito planejadora dos meus passos nessa jornada.

Quando eu decidi montar um negócio, que no meu caso foi o Coworking, eu planejei até o quanto eu precisava para viver antes do negócio dar lucro. Eu planejei absolutamente tudo e eu responsabilizo esse planejamento por 50% do meu sucesso.

Eu queria hoje deixar a mensagem de que se você ainda não começou a se planejar para o seu futuro negócio, comece a fazer desde já!  

Grande abraço!

Deixe um Comentário