em Blog

Que tal usar o método Canvas em seu Coworking? Entenda melhor como funciona essa metodologia!

Já ouviu falar sobre como usar o Método Canvas nos negócios? Essa metodologia é uma forma criativa e visual de gerenciar suas ideias, com praticidade e sem a burocracia das papeladas de um projeto tradicional.

Neste artigo, você vai entender melhor o que é o Canvas, como aplicá-lo na gestão de negócios e quais as vantagens do método em empresas de todos os portes. Continue a leitura e saiba mais!

O que é o método Canvas?

O Business Model Canvas foi criado em uma tese de doutorado pelo suíço Alexander Osterwalder com a ajuda de Yves Pigneur. Trata-se de um mapa visual usado para a criação de estratégias e projetos da empresa, substituindo os modelos tradicionais de páginas de um documento ou planilhas.

O esquema visual permite que os profissionais possam criar em conjunto modelos de negócios com base em nove elementos que englobam todos os processos da empresa, sobre os quais falaremos adiante. Esses nove elementos acolhem quatro vertentes principais de quaisquer negócios: financeiro, infraestrutura, oferta e clientes, que respondem às quatro perguntas essenciais na fundamentação de um negócio — o que, quem, quanto e como.

Assim, a metodologia vai permitir que o empreendedor estruture e reflita sobre o seu modelo de negócios, servindo tanto para iniciar um empreendimento/projeto, quanto para gerar a inovação em empresas já existentes.

Como aplicar este método nos negócios?

Quer gerar ideias, ampliar seu negócio, criar um produto ou inovar no seu negócio? Então o método Canvas é ideal para você, e ele é simples de ser aplicado. Para começar, você precisará ter canetas coloridas, adesivos autocolantes de cores diversas e uma folha com o quadro do Canvas desenhado.

Como vimos, são nove blocos divididos em quatro quadrantes:

  1. como: parcerias principais; atividades principais e recursos principais;
  2. o que: proposta de valor;
  3. para quem: relacionamento com clientes, segmento de clientes e canais de distribuição;
  4. quanto: estrutura de custos e fonte de receita.

Escreva as ideias nos adesivos, em vez de anotar direto no quadro. Assim, você pode fazer modificações mais facilmente. Você também pode começar por qualquer quadrante ou bloco, mas o ideal é iniciar pela proposta de valor e pelo segmento de clientes, que são a base de qualquer projeto.

Use diferentes cores para organizar as ideias. Por exemplo, cada bloco pode ter uma cor específica, ou pode ser que cada cor represente ideias diferentes dentro de um mesmo quadrante, para fins de comparação. Logo, use a criatividade.

Quais as vantagens de o método Canvas em seu Coworking?

Aplicar o método Canvas nos negócios pode trazer muitas vantagens para a criação e desenvolvimento de uma empresa. Por exemplo, ao montar esse quadro visual, você consegue observar as informações de forma clara e simples, além de comparar e perceber com maior facilidade as relações entre os nove blocos ou elementos do negócio, avaliando se existe sentido entre eles.

A maneira lúdica de interagir com o quadro também facilita a cocriação. Assim, mesmo profissionais que não estão diretamente ligados ao negócio podem colaborar com o projeto e contribuir para a construção de um modelo consistente.

Essa, portanto, é uma das grandes vantagens do Canvas na montagem do seu coworking. A visão do sistema facilita a análise, e os blocos podem ser construídos, verificados e corrigidos em um curto período.

Aplicar o método Canvas nos negócios facilita a construção de novas empresas, a gerar inovação e a estruturar seus projetos. Que tal experimentar agora mesmo essa forma prática e simplificada de gestão?

Para ver mais conteúdos, me siga nas redes sociais! Estou no Instagram, Facebook e Youtube!

Deixe um Comentário