em Blog

Antes de iniciar qualquer negócio, é ideal fazer uma série de cálculos e projeções para criar um bom planejamento financeiro e aumentar as chances de sucesso. Se você está a vias de abrir um escritório compartilhado, você deve seguir esses mesmos passos para descobrir qual será o investimento em coworking. Bem como saber quais recursos você precisa para mantê-lo até obter o retorno e demais informações.

Quer saber como e de quanto deve ser seu investimento em coworking? Siga a leitura!

Leve em conta os custos com a infraestrutura

Do investimento em Coworking, este é o gasto que reserva uma maior parte do seu orçamento. Aqui, você deve considerar a compra ou aluguel do imóvel para a instalação do escritório compartilhado. Inclusive, todos os recursos necessários para seu funcionamento. Por exemplo:

  • Possíveis reformas;
  • Mesas e cadeiras ergonômicas;
  • Internet de boa qualidade;
  • Ar condicionado;
  • Segurança, etc.

É importante lembrar que o investimento com a infraestrutura do escritório compartilhado varia de acordo com a região escolhida. Bem como com as características dos recursos que vão compor esse ambiente.

Calcule os custos de legalização do seu coworking

Os custos para legalizar a empresa também fazem parte do investimento em coworking. Para seu funcionamento, você precisa cumprir uma série de normas legais e ter alguns alvarás que autorizam as atividades naquele local, tais como:

  • Registro de contrato social e CNPJ;
  • Registro municipal;
  • Alvará sanitário;
  • Alvará de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (APPCI), emitido pelo Corpo de Bombeiros;
  • Cadastro na Previdência Social e Nota Fiscal.

Pense nos custos para manter o negócio até obter o retorno sobre o investimento

Mesmo com o mercado de escritórios compartilhados superaquecido, é preciso ter recursos financeiros armazenados para garantir a sobrevivência do negócio enquanto o retorno sobre o investimento não aparece. 

Recomenda-se que o gestor considere, dentro do investimento em coworking, um orçamento que cubra todos os gastos da empresa por, no mínimo, 6 meses.

Enfim, além desse fatores, existem diversos outros que você deve considerar para fazer corretamente seu investimento em escritórios compartilhados. E, se você está engajado com a abertura do seu novo negócio, não pode deixar de fazer o treinamento Como Calcular o Investimento Em Um Coworking.

Então, clique aqui para conhecer o treinamento e baixar o seu material. Com ele, você terá acesso a estratégias já validadas para ter um planejamento seguro e evitar erros de investimento na abertura do seu escritório compartilhado.


Acesse o seu material

Comentários