em Blog, Empreendedorismo, Negócios e Gestão

Se tornar um empresário bem-sucedido é uma tarefa difícil, já que exige grande inspiração e transpiração para superar os desafios diários e as dificuldades mais comuns como a inadimplência.

Encarar a inadimplência não é nada fácil, e ela pode comprometer gravemente as finanças de qualquer negócio, podendo até levar à falência nos piores casos.

Receber em atraso é também um dos problemas enfrentados pelos donos de coworking e nos piores casos pode levar até a falência.

Isto porque a situação gera uma série de consequências negativas como falta de capital de giro, atrasos nos pagamentos das obrigações do seu coworking, juros e prejuízos.

Por isso, é preciso lidar com o problema de frente. Mas você sabe como fazer isso?

Veja neste post algumas dicas para poder tratar a inadimplência do jeito certo.

 

Facilite o pagamento

Oferecer formas diferentes de pagamento para os usuários do seu espaço coworking é uma excelente estratégia.

Ofereça além da opção de pagamento a vista, o uso de boletos bancários e cartões de crédito por exemplo,

Você arcará com taxas a cada transação, mas terá a garantia de receber os valores em dia.

 

Mostre aos clientes que você lembra deles

Quando as parcelas estiverem próximas do vencimento, envie uma mensagem SMS ou um e-mail.

Muitas vezes, o fato de não receber lembretes de pagamento ou cobranças de parcelas vencidas acaba incentivando o cliente a ser um mau pagador.

E com o envio do lembrete ele saberá que seu coworking está acompanhando de perto a relação comercial.

 

Cobrar é preciso!

Ninguém deseja perder clientes por praticar a cobrança, por outro lado, não cobrar pode agravar a situação e criar um espaço confortável para o mau pagador.

Não há nenhum problema em cobrar, mas por ser uma situação bastante delicada, é preciso cuidado para estar em conformidade com o Código de Defesa do Consumidor e não fazer cobranças abusivas.

A cobrança pode ser feita pessoalmente, por meio de um e-mail, carta ou até telefonema.

Porém, lembre-se de fazê-lo de maneira sutil, mostrando que a intenção é saber o que está acontecendo para facilitar a negociação.

Cobrar e conseguir manter o coworker não é nada fácil, mas também não é impossível!

Não há dúvidas que, como acontece em qualquer tipo de negócio, um coworking vai exigir de você foco na solução e conhecimento das melhores práticas.

Para te ajudar a fazer uma correta gestão do seu coworking, minimizar as dores de cabeça e maximizar os lucros, clique abaixo e veja um material preparado para quem quer evitar erros e iniciar um escritório compartilhado com mais segurança.


Gostou? Clique aqui e fale conosco

Comentários