em Blog, Empreendedorismo

Que o Coworking é, mais do que uma tendência, uma verdadeira necessidade no mercado atual, muita gente já sabe.

O crescimento acelerado de espaços compartilhados deixou claro que o custo benefício oferecido é extremamente vantajoso.

Até mesmo grandes empresas estão migrando para estes espaços, antes ocupados somente por profissionais liberais e autônomos.

Mas, como eu gosto sempre de frisar, o coworking é um negócio como qualquer outro: não basta aproveitar uma onda de crescimento, é preciso ser muito bem estruturado para realmente atingir o sucesso.

Para ajudá-lo em seu empreendimento, separei algumas etapas e questões fundamentais.


Pesquisa e Planejamento

Tudo sempre começa no plano de negócio. Antes de abrir sua empresa, você precisa analisar o mercado na região em que pretende atuar e mapear possíveis clientes.

Feito o levantamento, defina os objetivos e o foco da empresa, para identificar quais serão os diferenciais competitivos para atrair os clientes, como por exemplo localização, estrutura, valores, soluções focadas em um ramo profissional específico, etc.

A partir deste mapeamento no plano de negócio, a divulgação será muito mais clara e efetiva, resultando na atração do seu cliente ideal.

 

Decoração

A partir da localização e definição do público, algumas decisões sobre a decoração do espaço serão automaticamente direcionadas, como a identidade do espaço sendo mais vibrante e colorida ou corporativa e formal.

Entretanto, alguns aspectos da decoração são imprescindíveis, independente do tipo de espaço e público frequentador. Questões como mobiliários ergonômicos de qualidade e uma boa iluminação para o trabalho são fundamentais.

 

Áreas de Convivência

Criar espaços de convivência no seu coworking pode ser um grande diferencial, pois muitos profissionais buscam estes espaços especificamente para desenvolver networking.

São ambientes onde uma conversa mais informal acontece, incentivando a troca de experiências entre os profissionais de diversas áreas que usam o espaço e o bem estar dos frequentadores durante as pausas no trabalho.

 

Eventos

Se o seu espaço possibilita a criação de um ambiente para a realização de eventos, faça esse investimento, pois este é um dos serviços mais lucrativos que você pode oferecer.

Além disso, também devido a alta rotatividade de pessoas, ao oferecer um espaço com estrutura de qualidade para palestras, workshops, treinamentos e reuniões, mais pessoas conhecerão e indicarão o seu coworking, o que já ajuda na divulgação.

 

Planos e Serviços

Uma pessoa que busca o coworking espera encontrar flexibilidade, e isso deve ser oferecido através de diversos planos de locação.

Alguns profissionais precisam do espaço somente por algumas horas, outros preferem fechar planos semestrais para obter um maior custo benefício, então observe essa diversidade e atenda essa demanda.

Essas informações são fundamentais e te ajudarão a organizar seu espaço com estratégia.

Quer saber mais detalhes de como planejar e montar um coworking de sucesso, totalmente do zero?

Então CLIQUE AQUI e confira a fórmula de sucesso completa, criada após 10 anos de experiência nesta área, por quem entende o que você precisa e sabe como ajudar.

Deixe um Comentário