em Blog

Planejar uma empresa é a fase mais importante para a abertura da mesma. É nessa fase que se detecta a viabilidade do negócio e muitas vezes a ideia torna-se inviável quando se completam todos os estudos.

No coworking não é diferente. Num espaço compartilhado funciona uma empresa como outra qualquer, que possui todos os processos administrativos e operacionais que uma empresa deve possuir como: contas a pagar, contas a receber, cobrança, comercial, atendimento ao cliente e etc. E por isso que um planejamento certeiro antes de iniciar o seu projeto é essencial e decisivo para o seu futuro coworking.

Temos notícias de alguns fechamentos de espaços de Coworking pelo Brasil e algumas dificuldades enfrentadas por outros que abriram recentemente. Obviamente que não tenho conhecimento a fundo dos problemas de cada um, mas uma pergunta me vem a mente sempre que escuto sobre as dificuldades dos espaços de Coworking: como as pessoas planejam a abertura do seu espaço compartilhado? Como eu escrevi acima o Coworking é uma empresa como outra qualquer focada em serviço, isso quer dizer que um espaço de Coworking precisa de administração eficiente, planejada e cuidadosa para que a fidelização de seus clientes seja possível.

Primeiramente, caso o objetivo do Coworking seja apenas diluir os próprios custos operacionais do negocio do seu dono é melhor rever se seu interesse é mesmo ter um espaço, pois na ponta do lápis você vai estar aumentando o seu custo operacional. Isso acontece pois a estrutura necessária para se montar um coworking envolve custos consideráveis como aluguel, condomínio, internet, telefonia e etc. Por outro lado, a implantação de um coworking dentro de uma empresa já existente pode gerar uma receita adicional considerável no seu negócio e que representará uma diferença substancial ao longo do tempo.

E se você tem um imóvel….

Caso você tenha um imóvel e ache que é mais fácil alugá-lo para vários pequenos inquilinos do que para um inquilino apenas, você está repletamente enganado, se o Coworking fosse apenas alugar m², não teria tomado a proporção mundial que tomou. Se você tem em mente abrir uma empresa de serviços, ótimo! Porque é isso que um espaço de Coworking é, em termos administrativos. Na prática do dia a dia, o coworking é uma prestação de serviço. Mesmo que seu espaço opte por formar uma comunidade de pessoas focando na conexão e integração delas, o seu papel, enquanto empresa, será administrar essa integração e isso também é uma prestação de serviço que muitas vezes dá até mais trabalho do que administrar o atendimento ao cliente.

O que prestar atenção ao planejar um coworking?

Ao planejar abrir um espaço, é muito importante levar em consideração que, como qualquer pequena empresa, é necessário um tempo de maturação do negócio e durante essa maturação o seu negócio vai dar prejuízo e será necessário completar o fluxo de caixa mensalmente. Como a maioria das empresas de serviço, o coworking não é uma loja em que se abre a porta para a rua e todos os dias fechamos o caixa com a rotatividade das vendas. Esse é um tipo de empresa que necessita a formação de uma carteira de clientes e isso leva tempo.

Por isso, planejar a necessidade do fluxo de caixa e ter o valor reservado para mantê-lo em equilíbrio até que a empresa obtenha clientes é essencial. Isso é necessário porque, ao contrário da maioria das empresas de serviços, o Coworking tem como o principal custo o aluguel do imóvel e, como geralmente um espaço está locado em locais com mais de 100m2, os aluguéis costumam representar um percentual alto no total das despesas operacionais. Sem fluxo de caixa equilibrado, nenhuma empresa avança para o sucesso.

O marketing, o portfólio de serviços que serão oferecidos e a administração do espaço são igualmente importantes. Sem o marketing, nenhuma empresa sobrevive. Como você encontrará interessados nos seus serviços se não está presente em nenhum meio de comunicação. Um planejamento de marketing bem executado, muitas vezes não depende de grandes gastos com televisão, rádio e meios comuns de comunicação. Como eu venho dizendo já tem alguns anos, o marketing do coworking é essencialmente online, logo, o planejamento deve incluir fortemente uma estratégia de marketing digital.

Dedicação ao negócio

Muitos donos de espaço possuem o Coworking como um segundo negócio e isso faz com que o tempo dedicado a ele seja menor. Esse é um fato que pode contribuir para o insucesso dos negócios porque detalhes importantes não serão planejados e quando os problemas aparecerem o improviso será necessário. Todo coworking deve contar com um gestor do espaço que será responsável pela administração do mesmo e quando essa pessoa não for o proprietário faz-se necessário a contratação de uma pessoa externa para isso. É comum vermos espaços onde existem um sócio investidor e um sócio gestor que fica responsável por toda parte operacional do coworking.

Obviamente que não existe uma receita de bolo e cada empresário tem uma forma de administrar, no entanto, meu objetivo é alertar para o planejamento, principalmente, financeiro, para quem deseja montar um espaço de Coworking pois como trata-se de um mercado recente no Brasil, o sucesso pode vir com o tempo e não necessariamente de um dia para o outro.

Para facilitar esse processo, montamos um treinamento que ajudará, de forma prática e descomplicada, a iniciar o seu projeto de coworking. Clique abaixo e conheça o Coworking Express!


Treinamento Coworking Express
Showing 8 comments
  • Ana Célia de Souza Carvalho
    Responder

    Ótimo,tenho uma confecção enxoval e decorações para quarto de bebê e quero saber como usar esse espaço compartilhado para aumentar minhas vendas.

    • Equipe Bruna Lofego
      Responder

      Oi Ana! Que legal que você quer rentabilizar seu espaço montando um coworking! Rentabilizar um espaço ocioso é uma ótima alternativa. No workshop Coworking do Zero é abordado o planejamento do coworking desde os seu início. Se inscreva, com certeza vai gostar do conteúdo!http://lp.brunalofego.com.br/cwk5
      Grande abraço!

  • Kátia
    Responder

    Adorei o artigo. Obrigada

    • Equipe Bruna Lofego
      Responder

      Ei Kátia! Que bom que gostou! Um abraço!

  • Ewerton Barros
    Responder

    Obrigado!!! Artigo excelente…

    • Equipe Bruna Lofego
      Responder

      Oi Ewerton, muito obrigada!

  • SD AGRO Comércio
    Responder

    Tenho um escritório compartilhado onde três empresas operam na prestação de serviços, estamos há 3 anos, sem maiores problemas.

    • Equipe Bruna Lofego
      Responder

      Olá! Que bom que tudo está certo com seu escritório! Desejamos mais sucesso à vocês! Abraço!

Comentários