em Blog

Que imagem vem à sua mente ao ouvir falar em espaços compartilhados de trabalho?

Muitas pessoas pensam imediatamente em salas com um design colorido e aconchegante… outros imaginam ambientes corporativos mais clássicos e minimalistas.

De fato, a aparência estética influencia diretamente no humor e na produtividade das pessoas.

Até mesmo as grandes empresas vem pesquisando o tema e desenvolvendo novos estudos de layout para aumentar sua lucratividade e retenção de talentos.

No entanto, se você pretende montar o seu próprio espaço de coworking, precisa compreender essa estrutura de uma maneira mais técnica, para além da decoração.

O público que você definir como alvo do seu negócio já vai, naturalmente, contribuir para a definição da identidade visual do seu espaço, por isso vamos abordar detalhes mais funcionais que precisam ser analisados antes da montagem de qualquer tipo de espaço de coworking.

 

Mobiliário

É muito importante observar na escolha dos móveis que serão usados no seu coworking se eles são realmente flexíveis.

Atualmente diversos fabricantes de móveis para escritório desenvolvem seus produtos já tendo em mente que o usuário, muito provavelmente, vai precisar desmontar e montar todo o mobiliário várias vezes.

Isso pode acontecer numa eventual troca pavimento de setores dentro do mesmo prédio, mudanças de endereço, ou até mesmo uma nova configuração de layout dentro do mesmo ambiente, de acordo com a necessidade dos usuários.

Por isso, compare detalhes como o sistema de fixação (parafusos e buchas totalmente metálicos), conferindo se é possível montar novamente os móveis sem desgastar a estrutura das peças, e se os modelos oferecem padrões modulares de medidas.


Iluminação

É comprovado cientificamente que a intensidade e o tipo de luz usada nos ambientes de trabalho afeta a concentração, a produtividade e até a saúde das pessoas.

Possuir muitas aberturas para a incidência de luz natural sempre será o ideal, pois ela é sinônimo de mais qualidade de vida, bom humor e até mais horas de sono à noite.

Se for preciso usar mais iluminação artificial, é bom lembrar que o uso moderado de luz azul produz um estado de alerta positivo. Isso poderá fazer com que seus clientes digam que adoram seu espaço, pois conseguem focar no trabalho e não sabem muito bem por quê.


Salas de Reunião

Todo ambiente funcional é pensado também a partir do tráfego de pessoas, para que a circulação ocorra de uma maneira eficiente e sem atritos. A distribuição dos usos do seu coworking não será diferente.

As salas de reunião, por exemplo, são espaços de alta rotatividade. Seu uso é rápido e envolve várias pessoas ao mesmo tempo, por isso deve estar sempre situada perto da recepção para um melhor acesso e controle.

É importante também manter um certo afastamento do salão compartilhado, para não haver barulho e nem muita movimentação de pessoas que não são clientes habituais do espaço.

Esses elementos lhe ajudarão a organizar os usos e ambientes do seu espaço com estratégia, pois o layout influencia diretamente na comercialização do seu coworking.

Quer saber como funciona exatamente a montagem de um escritório compartilhado realmente lucrativo?

Então CLIQUE ABAIXO para conferir o conteúdo do treinamento Coworking Express 2.0 – totalmente completo e atualizado!

 

 


Gostou? Clique aqui e fale conosco

Comentários